Latest News

sexta-feira, 20 de maio de 2016

"Aquário", de David Vann



Ao terceiro livro de David Vann (n.1966) editado em Portugal já se vai a medo. “Aquário” (Relógio d`Água) sucede a “A ilha de Caribou” (2011) e a “A ilha de Sukkwan” (2011), ambos editados pela Ahab. O leitor dos dois livros anteriores sabe que o autor nascido no Alasca desenha uma tenebrosa viagem pelo medo, ansiedade e agressividade do ser humano.
“Aquário” é o trajecto por essa negrura até chegar a uma resposta para a interrogação de Caitlin:
“Como juntar de novo uma família, como perdoar?”
Caitlin é uma menina de 12 anos que vive sozinha com a mãe. Todos os dias entra no aquário local para esperar que a mãe saia do emprego e a vá buscar. É nesse lugar que a menina vai encontrar o homem que tudo mudará: o seu avô, que havia deixado a avó de Caitlin, padecendo de doença terminal, aos cuidados da filha ainda criança. Desde muito cedo que o ódio tomou conta de Sheri Thompson, mãe de Caitlin. A infância foi perdida a limpar fezes e urina da sua mãe. A adolescência foi usada em bares de strip para poder pagar as contas.
Quando Caitlin afirma querer conhecer melhor o avô, tudo se precipita. O ódio impede um novo começo:

“Achas que o mundo começou contigo. Mas não. Começou comigo”, afirma Sheri Thompson.

TEXTO COMPLETO NA SÁBADO: 




Sem comentários:

Recent

Random