Latest News

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

‘O Meu Nome Era Eileen’, de Ottessa Moshfegh


‘O meu nome era Eileen’, de Ottessa Moshfegh: um romance intrigante com suspense até ao fim

Nas velhas e sujas ruas de X-Ville (nome fictício), em Nova Inglaterra, Eileen Dunlop transitava ao volante de um velho “Dodge” entre casa, trabalho e as lojas onde comprava bebida.
Recebia 57 dólares por semana a prestar serviços de secretariado num centro particular de correcção de jovens. Depois do trabalho, voltava para a decrépita casa onde vivia mais o seu pai alcoólico. Os serões eram passados numa cama de campanha, situada no sótão, ou na cozinha, onde o pai afastava o frio invernoso com muito “gin”, “whisky” e os bicos do fogão sempre acesos. Aos domingos, passava o seu tempo dentro do “Dodge” estacionado junto à casa de Randy, um colega de trabalho por quem se sentia atraída. A dura realidade era ludibriada com constantes divagações sobre os colegas, especialmente sobre o desejado Randy, e com ideias de homicídio e suicídio. Quando Rebecca começa a trabalhar no centro de correcção, tudo se altera.
Eileen tinha 24 anos e, como a própria conta muitos anos depois, esta é a história do seu desaparecimento.

TEXTO COMPLETO: http://www.comunidadeculturaearte.com/o-meu-nome-era-eileen-de-ottessa-moshfegh-um-romance-intrigante-com-suspense-ate-ao-fim/


Sem comentários:

Recent

Random