Latest News

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

‘O Diário de Anne Frank’ em banda desenhada





Uma menina de estrutura frágil, aconselhada a não fazer exercício físico na escola por os ombros e as ancas se deslocarem facilmente, foi obrigada a fugir da Alemanha para Amesterdão. Pouco tempo depois, a Alemanha invadiu a Holanda e e ela foi forçada a esconder-se num anexo durante quase dois anos. A perseguição dos nazis aos judeus, obrigou-a a conviver no mesmo exíguo espaço com Margot Frank (irmã), Otto Frank (pai), Edith Frank (mãe), A família Van Pels- composta por Herman Van Pels (marido), Augusta van Pels (esposa), Peter van Pels (filho)- e Fritz Pfeffer, o dentista. Ela viria a ser capturada e enviada para o campo de concentração em Bergen-Belsen. Resistiu cerca de sete meses, entre Agosto de 1944 e Março de 1945, até o tifo provocar a sua morte. O seu nome era Annelies Marie Frank; o seu diário é conhecido por milhões de leitores.

Texto Completo em: http://www.comunidadeculturaearte.com/o-diario-de-anne-frank-em-banda-desenhada-uma-nova-forma-de-conhecer-anne-frank/




Sem comentários:

Recent

Random