News

quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

Divulgação: Novidades Porto Editora para o 1º Semestre de 2019







"Porto Editora apresenta novidades literárias para 2019 Livros de não ficção e autores portugueses em destaque no ano em que se comemora o 75.º aniversário da editora 


As novidades da Porto Editora para o primeiro semestre de 2019 foram hoje divulgadas à comunicação social, numa sessão que teve lugar no Museu Arpad Szenes-Vieira da Silva, em Lisboa. A comemorar 75 anos de existência em 2019, as apostas para o primeiro semestre foram reveladas pelos responsáveis editoriais, de entre os mais de 80 títulos apresentados e distribuídos pelas chancelas Porto Editora, Assírio & Alvim, Sextante, Livros do Brasil, Ideias de Ler e Albatroz



Pela Porto Editora, Cláudia Gomes salientou a aposta em títulos de não ficção, como Marcelo - Presidente todos os dias, de Leonete Botelho e Felisbela Lopes, e um livro de Catarina Furtado sobre a complexidade da adolescência. Na ficção, destaque para o novo romance de Alberto S. Santos, Os amantes de Buenos Aires. Entre outras novidades na ficção portuguesa, Manuel Alberto Valente anunciou a estreia de Inês Pedrosa na Porto Editora com O Processo Violeta e um livro de crónicas de Mário de Carvalho, O que eu ouvi na barrica das maçãs





Na não ficção, realce para a biografia do génio do Renascimento desaparecido há 500 anos, Leonardo da Vinci, da autoria de Walter Isaacson. Na Sextante, o premiado autor australiano Peter Carey chega com o seu mais recente romance, Longe de Casa, e João Rodrigues destacou também o novo livro de Philippe Claudel, O arquipélago do cão, cujo lançamento em Portugal contará com a presença do autor. Pela Livros do Brasil, São José Sousa sublinhou a publicação de dois novos autores na chancela: Graham Greene, com o volume de ensaio Santos e Pecadores, e Yukio Mishima, com o romance Vida à Venda





Em 2019 também se comemora o centenário do nascimento de Sophia de Mello Breyner Andresen. Entre as diversas iniciativas que irão marcar esta efeméride, salienta-se a publicação, pela Assírio & Alvim, de Sophia e a Antiguidade Clássica, composto pelo magistral ensaio O Nu na Antiguidade Clássica e por uma antologia de poemas. Vasco David destacou ainda a publicação do grande livro inacabado de Walter Benjamin, As Passagens de Paris."

Sem comentários:

Formulário de Contacto

Nome

Email *

Mensagem *

Seguidores